Ejaculação prematura ou prematura

O preservativo Durex Performa pode ser a sua solução?

    

 Em primeiro lugar, os termos “ejaculação precoce” e “ejaculação precoce” são sinônimos. Para facilitar a compreensão, vamos mencionar esses dois termos a cada vez.

    Saber primeiro que a ejaculação precoce (ejaculação precoce) é a razão mais frequente para consulta em sexologia: 30% da população masculina que sofre desta disfunção , e sexologia, sete dos dez consultores têm ejaculação precoce (ejaculação cedo). Essa porcentagem é dada por todos os sexólogos e resulta de pesquisas realizadas em vários países.

     Então você não é o único que sofre de ejaculação precoce! Mas fique tranquilo, a solução que DUREX lhe oferece provavelmente ajudará você a controlar melhor a situação!  

O preservativo Durex Performa pode ser a sua solução?

descrição

A ejaculação precoce é comum?

A ejaculação prematura é a disfunção sexual mais comum. Um estudo realizado em França em 1993, 1308 entre homens com idades compreendidas entre 18-69 mostrou que 15% delas muitas vezes tinha a ejaculação precoce e 43%, às vezes.

Quando e como ocorre a ejaculação precoce?

Durante uma estimulação sexual, o homem não sente as sensações premonitórias anunciando a ejaculação e não pode atrasá-la voluntariamente. A ejaculação pode até ocorrer antes da penetração vaginal (ejaculação ante portas).

A ejaculação precoce é muitas vezes manifestada desde o início da vida sexual (ejaculação precoce primária), mas às vezes ocorre tardiamente (ejaculação precoce secundária), incluindo o declínio das dificuldades pessoais (emocionais e de desestabilização relacional). A ejaculação precoce pode ser permanente ou seletiva (com um parceiro e não outro).

Quais são as causas da ejaculação precoce?

A origem da ejaculação precoce raramente é orgânica (secundária a certas neuropatias ou paraplegia, certos medicamentos ou durante infecções urogenitais). 

Normalmente, a ejaculação precoce é origem funcional (que poderia estar relacionado com a hipersensibilidade de estimulação sexual) ou psicológica: problemas emocionais, relacionais ou ambientais (civil, social e profissional) de bom grado responsáveis para a ejaculação precoce secundária, dificuldades de aprendizagem às vezes relacionado às circunstâncias das primeiras experiências sexuais, imaturidade sexual, emotividade, timidez, ansiedade ou ansiedade, atitudes do parceiro. 
A insuficiência erétil também pode ser complicada pela ejaculação precoce,

Como a ejaculação precoce evolui?

A ejaculação precoce é um sintoma relacional que envolve o casal e pode levar ao conflito conjugal. 

Quando é negligenciada, a ejaculação precoce evolui no homem para a depreciação, o sentimento de fracasso, a atitude de evitação, a insuficiência erétil e no parceiro para a agressividade ou a resignação. 

Às vezes o casal não consulta porque vive na ignorância da sexualidade e suas disfunções ou acomoda a situação diversificando as modalidades de estimulação feminina ou repetindo a relação sexual. De fato, quando o homem é jovem, o período refratário é curto, o que permite que você siga uma segunda relação sexual rapidamente. A ejaculação ocorre depois.

Se você deseja tratar a ejaculação precoce tratamento caseiro acesse o site https://ejaculacaoprecocetratamentocaseiro.com e saiba mais como funciona.

Como a ejaculação precoce evolui? 
A ejaculação precoce é um sintoma relacional que envolve o casal e pode levar ao conflito conjugal. 
Quando negligenciada, a ejaculação precoce se desenvolve em homens para inutilidade, sentimentos de fracasso, a atitude evasiva, insuficiência erétil e no parceiro para a agressão ou resignação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *